Cinema Latino-Americano: A Teta Assustada (2009)

la Teta asustadaOriginal: La Teta Asustada
Direção: Claudia Llosa
Roteiro: Claudia Llosa
Produção: Antonio Chavarrías, Claudia Llosa e José Maria Morales
Gênero: Drama
Origem: Peru
Duração: 95 minutos

Quem se depara pela primeira vez com o cartaz e o nome do filme, escrito e dirigido por Claudia Llosa, pode imaginar que se trata de uma comédia de costumes. Afinal, tantas cores ligadas a esse título inusitado poderiam remeter isso. Mas muito pelo contrário, A Teta Assustada traz uma temática indígena e crítica social um tanto quanto pesada, tomando como gancho o mito peruano de mesmo nome.

O título do filme se refere ao nome de uma doença que, segundo a crença local, é transmitida aos filhos pelo leite de mulheres que foram vítimas de violência sexual ocorridas no Peru durante os anos 1960 e 1970, quando o país estava imerso em fortes conflitos políticos e sociais. As filhas das que sofreram esse tipo de violência mostram um temperamento catatônico e um medo de tudo e de todos.

É o caso de Fausta, uma jovem de descendência indígena que reside na periferia de Lima. Logo no início, vemos sua mãe Perpétua cantarolar um episódio trágico da sua vida. Anos antes, terroristas a estupraram e assassinaram seu marido Josefo. Os criminosos não se importaram nem com o fato de a vítima estar grávida.  O trauma causado em Perpétua foi tamanho que, pelo leito materno, a filha contraíra a doença, que se exteriorizava a cada pressentimento de perigo, geralmente relacionado à figura masculina, por meio de sangramentos no nariz e desmaios.

Teta_asustada_23

Fausta vive com medo de que um dia também possa ser atacada por um homem. Por isso, nunca sai de casa sozinha, sempre veste calças e chegou ao cúmulo de colocar uma batata dentro de sua vagina, tentando evitar assim qualquer chance de ser violentada. Quando sua mãe morre, Fausta se vê sozinha no mundo. Seu tio, apesar de atencioso, não entende os receios dela em relação ao sexo oposto. Ao tentar dar um enterro digno para a mãe, a jovem decide levá-la de volta a sua aldeia de origem, precisando de um trabalho para arranjar o dinheiro. Passa então a trabalhar na casa de Aída, uma mulher branca e rica, que decide explorar sua nova empregada. Em sua jornada, Fausta encontrará momentos de angústia, pela falta da mãe, mas também uma nova sensação, nunca sentida antes, quando conhece um homem que a respeita.

A Teta Assustada é um filme que, de forma delicada e tênue, passeia pela intimidade do feminino e sua relação com o sexo oposto, numa contracepção figurativa, em que a solidão e o medo funcionam como escudo contra o mal do mundo. Mas é também um retrato peculiar da sociedade peruana e dos contrastes sociais e culturais de suas classes.

O ritmo do filme é lento e os enquadramentos são chapados, com raros momentos de movimentação de câmera, o que explicita a intenção da diretora Llosa, de manter um certo distanciamento da protagonista. São enquadramentos duros, mas bonitos. Ao longo do filme, a diretora opta sempre por transmitir a insegurança e o medo de Fausta não por meio de palavras, mas unicamente pela força das imagens. Fausta não fala, só canta.

La-teta-asustada-

A bela peruana de traços exóticos Magaly Solier, que interpreta Fausta, é o grande mérito do filme. Sua interpretação é de uma delicadeza áspera impressionante. A narrativa é conduzida com equilíbrio e tato. Sua história nos revela problemas sociais, distinção de classes, crueldade e beleza.

Com uma tradição quase nula no cinema, A Teta Assustada foi o primeiro filme peruano a ganhar um Urso de Ouro.  Mostrando a cultura do povo do interior do Peru,  o longa é um retrato pertinente de um país e de seu povo. As cicatrizes de um período negro da história do Peru ainda estão vivas em algumas regiões do país e o filme mostra de forma muito sóbria tudo isso. Podemos achar estranhos alguns costumes dali, como os casamentos e até um pouco macabro o fato de Fausta demorar tanto para enterrar sua mãe.

A Teta Assustada é um filme enganador: parece muito menos do que é e não se revela por inteiro no primeiro contato. Ganha ao ser assistido com tempo e atenção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s