[Pitacos de Andréia] Divorciando do Brasil

Há algum tempo atrás as ruas do país ficaram cheias de manifestantes em prol da luta contra o aumento da tarifa no transporte público, e agora que as elevações são em maior proporção a apatia impera.

Parece inacreditável pensar que por muito menos houve tanto movimento, e neste momento que a situação é infinitamente mais complexa nos encontramos quietos, omissos, calados e sem ação.

Esse comportamento seria reflexo da descrença na política emporcalhada que comanda o país?

Será que o político nunca conseguirá representar o anseio do cidadão?

Na verdade, quando o eleitor vai às urnas ele tem a ilusão de que o eleito represente as suas vontades, necessidades e pensamentos. O fato é esse desejo não está sendo efetivado. É uma grande utopia.

E se a população se divorciasse do Brasil?

A confusão no Distrito Federal é tão grande, são tantas brigas e desentendimentos entre deputados e senadores, que a sociedade fica confusa.  Talvez a separação seja a única saída.

O “resumo da ópera” distrital é horroroso. Mudanças e redução de benefícios do cidadão somados ao aumento tributário juntamente com elevação na taxa de juros em conjunto com a inflação e subtração de verbas da educação, da saúde e da segurança pública coíbem qualquer vontade de permanecermos nessa República.

Andréia MagalhãesAndréia Magalhães de Oliveira é docente na Estácio de Sá-GO e IPOG. Atua nas áreas de economia, responsabilidade socioambiental e gerenciamento de projetos

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s