Editor do mangá Attack on Titan, Park Jung-Hyun, foi preso na terça-feira

O primeiro editor do mangá Attack on Titan, Park Jung-Hyun, foi preso na terça-feira, 10, suspeito de assassinar a esposa. As informações são da Polícia Metropolitana de Tóquio.

No último dia 9 de agosto Park chamou o serviço de emergência e relatou que sua esposa teria caído da escada. Ela não exibia nenhum trauma físico, além de um único machucado na cabeça. Porém, o resultado de necropsia recente evidenciou que a morte foi sufocamento por conta de uma pressão aplicada no pescoço.

Após as notícias o ex-editor de Attack on Titan mudou a história e disse que a mulher suicidou ao ao se pendurar pelo corrimão da escada. Park trabalhou, por último, no mangá Weekly Morning.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s