[Aguçando Paladar] 7 de julho, Dia Mundial do Chocolate

Por Johny Cândido

No mês em que se comemora o Dia Mundial do Chocolate, a Boulangerie de France apresenta iguarias de dar água na boca

Blend de Chocolate Cremoso

No dia 7 de julho se comemora o Dia Mundial do Chocolate.  A data é um convite à degustação de diferentes produtos preparados com essa iguaria. O chocolate quente é gostoso, cremoso e fácil de preparar. Mas, alguns ‘segredinhos’ tornam seu sabor ainda mais especial. Quem aprecia a bebida não pode deixar de experimentar as sugestões da Boulangerie de France: o Chocolate Belga e o Chocolate Super Cremoso.

A bebida é ideal para aquecer este leve friozinho ao qual somos pouco acostumados.

Chocolate Belga é feito com leite vaporizado e gotas de chocolate meio amargo e é servido em copo de 200ml; já o Chocolate Super Cremoso é versão mais densa de um blend de chocolates, mais consistente e doce, e vem em recipiente com capacidade para 70 ml. “O chocolate quente chama aconchego, nos dias frios pode ser consumido a qualquer hora, mas nos dias quentes, o ideal seria pela manhã ou no final da tarde, onde a temperatura ambiente está mais amena”, ensina Cristina Quinan, da Boulangerie de France.

A bebida é muito democrática. Cristina Quinan ensina uma receita fácil e prática, cujo sabor agrada a crianças e adultos. Quem gosta de incrementar, pode acrescentar o chantilly sobre o chocolate quente. “Chantilly é uma ótima opção para a finalização de uma xícara de chocolate quente além de ser uma delicia”, sugere. Para acompanhar a bebida, pães e bolos diversos, além do croissant, o produto mais vendido na Boulangerie de France.

Outros produtos da Boulangerie de France preparados com chocolate de primeira qualidade são o Pain au chocolate, feito com chocolate meio amargo; o Brioche de Chocolate, com chocolate em gotas e o Macaron, suspiro com farinha de amêndoa, e recheio de chocolate com nutella. Que tal experimentar um desses sabores?

Qualidade
A Boulangerie de France utiliza o legítimo chocolate belga em todas as receitas, inclusive na preparação do chocolate quente. Chocolate belga é menos doce e mais cremoso, tem altíssima qualidade porque tem mais cacau que o mínimo exigido para ser um autêntico chocolate e, em sua maioria, ainda é produzido artesanalmente.

A composição do chocolate belga é regulada por lei desde o ano de 1884 para evitar adulterações. A mesma legislação exige que o chocolate belga, mesmo ao leite, deve possuir no mínimo 35% de puro cacau, não utilizar gorduras artificiais e manter as técnicas de manufatura tradicionais. Companhias de chocolate famosas seguem estritamente suas receitas tradicionais e secretas.
 
História do chocolate quente
Acredita-se que a origem do chocolate quente data da época das grandes navegações. Naquela época, os povos pré-colombianos valorizavam o cacau como um presente dos deuses. O fruto era usado também como moeda de troca entre os Maias e Astecas. Ao colonizar as Américas, os espanhóis tiveram contato com o cacau e levaram suas sementes para o velho continente.

Na Europa, a ideia foi de misturar em uma mesma panela as sementes de cacau e bagos de cana de açúcar. O chocolate quente passou então a fazer parte do paladar dos europeus e daí espalhou-se para o resto do mundo. Nem mesmo o advento do chocolate em barra, um dos produtos mais consumidos do mundo, foi capaz de substituir a predileção de muitos pela bebida achocolatada quente, atualmente muito popular e em versões cada vez mais originais.
 
Confira receita para se aquecer neste suave inverno:
Chocolate quente 
1 xícara de café de Rum
1 xícara de café de Licor de chocolate
1 barra grande de chocolate amargo
1 colheres de sopa de achocolatado em pó (Toddy)
2 colheres de sopa de Chocolate em pó solúvel (Chocolate do Padre)
1 lata de Leite condensado
1 litro de Leite

Modo de Preparo:
Coloque numa panela o leite, o leite condensado, o chocolate solúvel, o achocolatado em pó, a barra de chocolate e leve ao fogo mexendo. Quando levantar fervura acrescente o rum e o licor de chocolate e misture. Apague o fogo e está pronto para servir.

Rendimento: aproximadamente 12 xícaras de chá

 
Sobre a Boulangerie de France
O clima em Paris inspira as pessoas a frequentarem os charmosos cafés contemplando boas conversas, em companhias especiais. A Boulangerie de France aposta neste conceito oferecendo cardápio e estrutura inspirados nas melhores casas da Europa. Além de receitas tradicionais, os clientes são recebidos ao jeito francês de viver, apreciando boa música, arte, fotografias e decoração exclusiva.

No cardápio, clássicos produzidos artesanalmente a partir de ingredientes selecionados, a exemplo da viennoiserie, que traz sabores como o croissant, pain au chocolat e pain au almond. Apostando em variedade, há também opções típicas como os pães feitos com vinho Beaujoulais e gorgonzola, Focaccia e a Ciabatta. Na pâtisserie, éclair, entremet, macarons e muitos outros doces consagrados universalmente. As bebidas são variadas e incluem desde as refrescantes aos cafés de grãos selecionados.

Anúncios

Um comentário sobre “[Aguçando Paladar] 7 de julho, Dia Mundial do Chocolate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s