Artista erradicado em Goiânia, Job Bento, participa da Casa Design em Niterói

O trabalho de Job pode ser conferido em intervenções no ambiente do renomado arquiteto Alexandre Magno, que assina o projeto do “Loft do Casal”

O artista visual erradicado em Goiânia, Job Bento, participa da edição 2017 da Casa Design, mostra de arquitetura e design de Niterói, no Rio de Janeiro. O trabalho dele pode ser conferido em intervenções no ambiente do renomado arquiteto Alexandre Magno, que assina o projeto do “Loft do Casal”, em homenagem a atriz Samantha Schmütz. O evento acontece até 3 de dezembro e é considerado um dos mais importantes do País, e o mais representativo da cidade carioca.

A história começou durante a participação de Job no EARQ Rio, que aconteceu em setembro desse ano, quando os designers Paulo Moreira e Rodolpho Maciel do Estúdio Carioca Mobipallet, o convidaram para fazer uma intervenção ao vivo no móvel “Black Cube”. A grande receptividade ao produto pelo arquiteto Alexandre Magno rendeu, além da exposição da peça em coautoria com a Mobipallet, o convite para criação de mural exclusivo para compor o espaço idealizado por ele. “Participar de eventos como o EARQ e a ARTRio nos trazem essas surpresas. Estar na Casa Design e contribuir com o Alexandre me traz grande satisfação”, declara Job.

No “Loft do Casal’ o artista produziu um mural que é destaque no ambiente e interviu no espelho “Gio”, da Ovoo Design, que pendurado em uma parede de vidro, ganhou também função de quadro. O trabalho foi realizado no início do mês de outubro, quando Job passou três dias em Niterói e contribuiu com os detalhes do ambiente assinado pelo arquiteto. “Idealizei uma interação entre as cores e formas aos materiais e a natureza tão presentes dentro e fora do espaço. O resultado foi uma simbiose harmônica entre todos os elementos que compõe o projeto, trazendo uma atmosfera e experiência única aos visitantes.”

Job contabiliza bons frutos dessas participações e antecipa que outros convites já foram feitos, inclusive um internacional ainda em fase de articulação. “Nessas idas e vindas, sempre tive a sorte de conhecer lugares e pessoas que agregam valor ao meu trabalho, e com o Alexandre não foi diferente”, detalha. Apesar do processo de criação ter suas semelhanças, o artista explica que no EARQ Rio a participação em formato ‘ao vivo’ trouxe uma conexão direta com o público, já na Mostra Casa Design o processo foi mais introspectivo. Ele aguarda com ansiedade o retorno dos visitantes. “Ambos remetem á experiência de pintar nas ruas ao ar livre, onde oscilam os momentos de socialização e calmaria”, pontua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s