O amor pela música desde criança e a vontade de inspirar as pessoas

Fazer da arte de cantar um grande projeto de vida é o que motivou a parceria entre os músicos Dyogo Antônio Silva e Lucas Monteiro Amaral, ou simplesmente Dyogo & Deluca. A dupla vinda da cidade de Araguari (MG) e formada há seis anos tem conseguido concretizar esse sonho . Com uma pegada romântica e ao mesmo tempo irreverente, os cantores, que há cinco anos vivem em Goiânia, fazem atualmente  uma média de 15 shows por mês

A dupla sertaneja Dyogo & Deluca

A dupla Dyogo & Deluca se apresentam neste sábado, dia 25 de novembro, a partir das 21h30, na boate Toro localizada no setor Marista. O show da noite foi batizado de Sertanejo Red or Black, na qual os convidados devem ir preferencialmente com traje vermelho ou preto. “Quem estiver nessa grande festa conosco pode ter certeza de que terá muita música animada. Vamos cantar bastante sertanejo sofrência, romântico, arrocha e vai ter até funck”, garantem a dupla.

O gosto pela música desde a infância e a vontade de levar alegria e inspiração às pessoas com sua arte foi o que uniu os músicos Dyogo Antônio Silva e Lucas Monteiro Amaral, ou simplesmente, Dyogo & Deluca. De encontros casuais por shows e apresentações na cidade Araguari (MG), cidade natal dos dois cantores, veio a admiração mútua e a descoberta em comum de fazer da música o grande objetivo de suas vidas. Daí, para a decisão de montar uma dupla foi só um pulo.

O empresário e produtor musical Thyeres Marques, que já cuidou da carreira de artistas famosos como João Neto e Frederico, Maria Cecília e Rodolfo, Lucas Lucco, Cristiano Araujo, Zé Ricardo e Tiago, Thaeme e Tiago, destaca a pegada romântica e ao mesmo tempo irreverente nas letras da dupla, que segundo ele tem um carisma forte junto ao público. “Talento e força de vontade são características que descrevem Dyogo & Deluca e acredito que a dupla seja uma das grandes promessas de sucesso nacional para o próximo ano”, afirma Thyeres Marques.

Morando em Goiânia há quase seis anos, atualmente a dupla faz uma média 15 shows por mês e já tem três CDs lançados e o 1º DVD foi gravado em março de 2016, na extinta Valley Pub. A música de trabalho atual é “Mil Adjetivos”, que fala da beleza natural da mulher amada. Outro grande sucesso da dupla é “Duas Palavras”, canção executada em rádios de todos o País e que conta a história de um homem que não soube valorizar a mulher que amava, perdendo seu amor para outro e se arrependendo dos erros que cometeu.

Para o futuro, a dupla almeja poder levar para o público que gosta de música e diversão muita verdade em suas canções. “Hoje eu e meu parceiro de carreira vivemos só da nossa arte e queremos poder propagar felicidade por onde passarmos e sermos ainda mais reconhecidos pelo que fazemos”, são os sonhos de Dyogo.

Biografia Dyogo e Deluca

Dyogo Antônio Silva é natural de Araguari (MG), tem 30 anos de idade e despertou o interesse para a música sertaneja logo aos 7 anos. No bar de seu pai, que frequentemente havia som ao vivo, o garoto, mesmo com a pouca idade, sempre acabava dando uma “palhinha” e encantando o público do estabelecimento. Aos 14 anos, começou a cantar profissionalmente, passando por várias duplas e acumulando uma maior bagagem musical. Certo de que queria trilhar o caminho da música, ainda muito jovem ele passou a residir em diferentes estados como São Paulo, Maranhão e Goiás. Mas apesar de ter passado por muito lugares, foi na sua cidade natal que Dyogo encontrou o seu grande parceiro musical.

Lucas Monteiro Amaral, o Deluca, também é natural da cidade de Araguari e tem 30 anos. O seu interesse pela música também começou cedo, aos 9 anos, quando foi vocalista de uma banda infantil patrocinada pelo Conservatório Estadual de Música de Araguari.

Com o nome de “Tocando 7”, o grupo realizou várias apresentações na cidade e região. Aos 10 anos de idade Deluca partiu para carreira solo e chegou a gravar um CD com sucessos da MPB. A sua desenvoltura no palco desde criança lhe rendeu uma participação no extinto programa Gente Inocente da Globo. Aos 16 anos, começou a dedicar aos estudos e por isso decidiu deixar a música um pouco de lado, pelo menos sob o ponto de vista profissional. Porém, nesse período, nunca parou de compor.

“Na adolescência, aos 14 anos, com a mudança de voz e uma lesão nas cordas vocais, na qual tive de retirar um nódulo, minha voz ficou aguda e passei a ter vergonha de cantar. Tímido, passei a compor. Aos 22 anos, minha irmã viu, por acaso, as composições que escrevia e contou uma delas para o pai. Ao ouvir, ele insistiu que eu deveria gravar a canção”, relembra Deluca.

O ano era 2009 e foi aí que surgiu o projeto de sua primeira dupla, montada com o irmão mais velho, Gustavo. Deluca diz que quando voltou aos palcos descobriu que era isso que queria para sua vida. “Tinha acabado de terminar o curso de Direito, mas tive a certeza de que queria seguir a trilha da música”, conta. Mas o irmão não tinha a mesma vocação, por isso dupla durou três anos e o desafio passou a ser o de encontrar um parceiro que compartilhasse do mesmo sonho, viver da música.

O grande encontro

Dyogo e Deluca se conheceram pessoalmente em 2006 por meio de amigos e conhecidos em comum, mas a admiração pelo trabalho um do outro veio em 2008 quando os dois começaram a se encontrar nas noites de show pelos bares da cidade, quando cantava com seus antigos parceiros de palco. Mas a decisão de montar uma nova dupla veio em agosto de 2011, quando perceberam que os interesses musicais em comum poderiam gerar grandes frutos.  “A música sertaneja falou mais forte nas nossas vidas. Nós dois tínhamos uma grande vontade de nos dedicar exclusivamente à carreira de cantor. Sentimos que poderíamos fazer uma parceria muito boa e não tivemos medo de acreditar em nosso sonho”, conta Dyogo.

Pegando uma carona no sucesso  “Ai se eu te pego”, de Michel Teló, logo na primeira semana de dupla os dois lançaram a música “Mas não te pego”. A estratégia deu certo, afinal o clip da canção atingiu mais de seis milhões de acessos no YouTube e foi executado em programas nacionais de TV como o reality A Fazenda, na Rede Record.

Em 2012, a dupla resolveu se aventurar um pouco mais e  Dyogo & Deluca decidiram sair das casas de suas famílias e foram tentar a carreira na capital goiana. Em pouco tempo já começaram a se apresentar em casas noturnas da cidade. Nesse mesmo ano, embalaram o hit “No Escurinho”, executado em várias rádios Goiás e Minas Gerais, e entre as mais pedidas nos bares de Goiânia.

Durante esta caminhada, várias parcerias importantes que contribuíram de maneira decisiva para o crescimento da dupla, como na música “Edredom”, gravada com o cantor Eduardo Melo; o hit “Mamãe Passou Açúcar em Mim”, cantada com o MC Duduzinho, o “Príncipe do Funk”; e a romântica “Duas Palavras”, interpretada pela dupla numa parceria com os sertanejos Israel e Rodolffo.

No ano seguinte, Dyogo & Deluca lançam o clipe da música “Mamãe Passou Açúcar”. De novo o vídeo foi sucesso no YouTube, com quase 1,5 milhão de visualizações. O clip foi exibido em vários programas de TV com alcance nacional, como o Tudo é Possível da TV Record, apresentado por Ana Hickman. A composição também esteve entre os primeiros lugares do Crawler, aplicativo que ranqueia as canções mais tocadas nas rádios do país.

O primeiro DVD da dupla foi gravado em março de 2016, na extinta Valley Pub, com participações de artistas renomados como Felipe Araújo, Israel e Rodolffo, Cleber e Cauan e Gabriel Gava. “O DVD foi  a parte mais importante da nossa carreira, nosso maior projeto até hoje e todos os vídeos do DVD já contabilizam mais de um milhão de acessos nas plataformas digitais”, afirma Deluca.

Novos projetos

A atual música de trabalho da dupla é a “Mil Adjetivos”, canção que está sendo executada em vários rádios do país. Além do sertanejo romântico, Dyogo & Deluca estão investindo em outro ritmo também bem popular: o funk. Um exemplo da mudança musical da dupla é a música “Solteridade”, gravada em parceria com o MC Chocolate, cantor de funk que tem feito sucesso na internet.

A dupla também já tem engatilhado um novo projeto que é o Baile DED, um show que irá trazer a mistura musical entre o sertanejo e o funk, o famoso Funknejo. “O bom do sertanejo é que ele abraça todos os ritmos e não faz distinção de nenhum gênero musical”, afirma Dyogo. O show montado pela dupla, que contará com vários convidados especiais, deverá, inicialmente, percorrer várias boates de Goiânia e cidades do interior Estado, mas a proposta é levar o espetáculo a todos os cantos do Brasil.

A qualidade musical e a  irreverência da dupla já ultrapassou as fronteiras brasileiras e em janeiro de 2013 Dyogo & Deluca realizaram a sua primeira turnê internacional , com passagens por cidades da Holanda e Bélgica e em maio deste ano fizeram uma turnê extensa, com shows em oito países na Europa (Luxemburgo, Holanda, França, Inglaterra, Bélgica, Suíça, Itália e Portugal).

Curiosidades sobre Dyogo
Filme – Jogos Mortais
Música – Mil adjetivos
Livro – O Segredo
Hobby – sinuca
Esporte – futebol e jiu-jitsu
Vaidade – não abre mão da barba bem cuidada

Curiosidades sobre Deluca
Filme – Dois filhos de Francisco
Música – Azul (Guilherme e Santiago)
Livro – Droga da Obediência
Hobby – buteco com os amigos
Esporte –  futebol e tênis
Vaidade – Cabelo com corte em dia e arrumado

Serviço
Sertanejo Red or Black – Show da dupla sertaneja Dyogo & Deluca
Onde:
Boate Toro (Endereço: Rua 139, 49 – Qd. 55, Lt. 11 – St. Marista, Goiânia – GO, 74170-150)
Horário: A partir das 21h30
Quanto: R$:40,00 homem / R$:20,00 mulher até as 22h30 como nome na lista

Informações: (062) 98606-2000
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s