Plataforma digital permite abertura de empresa com mais economia

Em 2017 foram abertas mais de 20 mil empresas no estado de Goiás e de cada três empresas novas, uma foi constituída por mulher. Plataforma de permuta multilateral XporY.com possibilita que empreendedores comecem seu négocio de forma correta com até 90% de economia

Plataforma digital permite abertura de empresa com mais economia

Goiás está com o empreendedorismo borbulhando. A Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) registrou em 2017 a abertura de 20.001 novas empresas. O número representa um avanço de 17,3% em relação aos 17.036 negócios constituídos em 2016. O desempenho revela uma taxa de natalidade empresarial de 55 novas empresas/dia ou 2,2 empresas/hora neste ano. Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Rio Verde e Caldas Novas lideraram o ranking de novas inscrições em 2017. De cada três empresas abertas, uma foi constituída por uma empresária. O número de mulheres à frente de novos negócios foi de 33% no ano passado, contra a média de 29% registrada em 2016.

O pontapé inicial para entrar no mundo do empreendedorismo é a formalização da empresa nos órgãos municipais, estaduais e federais, trabalho que é feito por profissionais e empresas da área contábil, que gera uma despesa alta a quem está começando um negócio. Aos que estão vivenciando esta experiência,  a plataforma de permutas mutilaterais XporY.com tem disponibilizado uma alternativa interessante para os empreendedores: a possibilidade de pagar por este serviço com a moeda virtual X$.

O contador Weliton Borges Lopes, 40, que está a frente da empresa Auxiliar Contabil Assessoria Empresarial participa da XporY.com há mais de um ano e oferece este serviço para quem também disponibilizar produtos ou serviços na plataforma. Entre os serviços que oferece, está a assessoria para quem quer abrir sua empresa.

“Fazemos orientação quanto ao tipo de empresa mais adequada a necessidade no perfil de cada cliente. Assim que tiver certo sobre o qual modelo societário e forma de tributação, passamos para viabilidade junto a junta comercial referente ao nome e atividade, depois iniciamos o processo de abertura, na junta comercial e Receita Federal. Todo esse processo leva no máximo dois dias, depois passamos para prefeitura, processo um pouco mais demorado podendo levar até dois meses até a obtenção de todos alvarás, bombeiro, vigilância sanitária e alvará de funcionamento”, explica Welinton.

Ele explica que os custos de abertura de uma empresa chegam a 954 Reais (um salário mínimo) e que é possível custear a parte dos serviços com a moeda digital X$. “Somente os custos de taxas pagas aos órgãos que não é possível custear com X$”, diz.

Para ter acesso ao benefício, basta que o empreendedor cadastrar produtos ou serviços do seu negócio na plataforma para serem negociados na moeda X$. Além de economizar na despesa da formalização, a XporY.com também ajuda na divulgação do próprio negócio entre os participantes da plataforma de negócios, que já reúne 2.516 profissionais e empresas.

Outro diferencial  da XporY.com, em relação a outras plataformas de permuta, é a ausência de custo de adesão, ou seja, os participantes não pagam para entrar na “rede” e nem um valor mensal para manutenção. “Com a XporY.com, somente na hora de consumir, é que paga-se apenas uma taxa de 10% em reais sobre o valor da compra”, explica o empresário e fundador da scale-up Rafael Barbosa.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s