[Diário do Turista] ECOTURISMO: Pirenópolis integra Caminho de Cora

Por Johny Cândido

Circuito previsto para ser inaugurado em março deste ano tem a cidade histórica como um de seus grandes atrativos. Gastronomia, rede hoteleira, cultura e belezas naturais são atrações a serem desfrutadas pelos turistas

Este slideshow necessita de JavaScript.

A charmosa Pirenópolis, a 120 km de Goiânia, famosa por suas cachoeiras e arquitetura colonial, será um dos grandes atrativos do Caminho de Cora. O circuito turístico, a ser inaugurado em março deste ano, será formado por um trecho de aproximadamente 250 quilômetros que ligará Corumbá à Cidade de Goiás, terra natal da poetisa Cora Coralina.

O caminho já está sendo sinalizado e irá resgatar a história do Ciclo do Ouro no estado, valorizando aspectos culturais do interior de Goiás. Ainda estão no circuito as cidades de São Francisco, Jaraguá, Itaguari, Itaberaí e Ouro Fino.

Além da sinalização, adaptações já estão sendo feitas ao longo do trajeto para que os turistas possam desfrutar desta experiência a pé, de bicicleta ou a cavalo. Também será possível percorrer o Caminho de Cora por meio de carros apropriados.

O projeto para a criação do Circuito Turístico é do Governo de Goiás e visa proporcionar uma experiência de ecoturismo vivencial demonstrando aspectos históricos, culturais, ecológicos e socioambientais da região. No passeio pelo Caminho de Cora será possível visitar ruínas de antigas lavras de ouro, bem como fazendas históricas. Um dos locais para visitação será a Fazenda Babilônia, em Pirenópolis, onde o turista poderá conhecer mais do artesanato, da história e da gastronomia goiana.  A fazenda foi construída por escravos no século XVIII e possui um imenso acervo histórico, que inclui o próprio casarão da propriedade, edificado em estilo colonial.

Antes de chegar a Pirenópolis, o contorno do caminho passa pelas ruínas das lavras do Abade, vizinho a uma das cachoeiras mais famosas da região, onde a beleza do local é um convite ao mergulho.

Parques
A estrada também passa pelas proximidades dos Parques Estaduais de Pirineus, Jaraguá e Serra Dourada. O Pico dos Pirineus, localizado no parque de mesmo nome, é um dos muitos locais que receberá um mirante para apreciação da vista.

À medida que a subida da Rodovia Parque dos Pirineus avança, o céu azulado traz uma paisagem paradisíaca. No alto, a vegetação se transforma e as nascentes se multiplicam. O Parque, inclusive, é o berço do Rio das Almas, manancial que passa dentro de Pirenópolis. Neste cenário, as Palipalantos – flor do Cerrado mais conhecida como chuveirinho – também atraem olhares dos turistas. A visita se completa ao avistar a Capelinha, dedicada à Santíssima Trindade. A vista esplêndida alcança 360º e é possível à sua altitude: 1.385 metros.

Vocação turística
A vocação turística de Pirenópolis proporciona aos seus visitantes uma infinidade de opções de hospedagem, como pousadas, hotéis e até hostels. Para repor as energias, a cidade conta em seu entorno com um enorme acervo natural do qual destacam-se as cachoeiras, a grande maioria adaptada para receber turistas. Trilhas em meio à natureza são atrações imperdíveis para os amantes de esportes radicais. Pirenópolis também é conhecida por sua tradicional e ao mesmo tempo sofisticada gastronomia que pode ser apreciada junta a uma grande rede de restaurantes, bares, lanchonetes e cafés.

A tradição turística de Pirenópolis fez com que a cidade acumulasse museus e casarões que guardam a história de Goiás.  Uma boa dica é passar pelo centro histórico, visitando pontos como a Igreja Matriz, os casarões mais antigos da Rua Direita, Museu das Cavalhadas, margem direita do Rio das Almas, Museu de Arte Sacra, Praça do Coreto, Rua Aurora e Igreja do Bonfim. Nos museus é possível ver elementos que compõem a história do Ciclo do Ouro. O trecho também conhecido como Estrada Real, inclui outros caminhos históricos.

Na saída de Pirenópolis, a dica é aproveitar a estrutura gastronômica local para recarregar as energias que serão muito exigidas dali em diante, onde o caminho fará uma elevação que alcançará os 1.158 metros de altitude.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s