Grupo Mulheres do Brasil e Sebrae Goiás lançam o Programa Mulheres Empreendedoras

O evento acontecerá no dia 27 de março, na sede do Sebrae em Goiânia

O Grupo Mulheres do Brasil (MdB) e o Sebrae Goiás realizarão, no dia 27 de março, o lançamento do Programa Mulheres Empreendedoras, na unidade do Sebrae em Goiânia. O objetivo do programa é que as participantes tenham a oportunidade de acelerar seus negócios por meio da aplicação dos conteúdos que irão receber.

“O Sebrae, além dos cursos do portfólio, que tem conteúdo voltado especificamente para o público feminino, promove projetos e também premiações como o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. É preciso ter um olhar diferente para a mulher empreendedora, e o Sebrae tem buscado esse propósito”, enfatiza a Diretora de Administração e Finanças do Sebrae Goiás, Luciana Albernaz.

O Programa Mulher Empreendedora seguirá as metodologias aplicadas pelo Sebrae e haverá mentorias e Módulo de Coaching Training: Liderança de Alta Performance, estes dois últimos coordenados pelo MdB, por meio de empresárias e executivas com grande expertise em suas áreas de atuação.

As inscrições serão voltadas para 50 empreendedoras que deverão atender a determinado perfil, como estar no contrato social, ser gestora do negócio, que deve ter mais de um ano de atuação, e ser micro ou pequena empresária (faturamento de 100.000,00 a 4,5 milhões/ano). O período das inscrições ocorrerá até 28 de abril ou até o preenchimento total das vagas.

“Buscamos essa parceria com o Sebrae, que é referência em empreendedorismo no país, para empoderar mais mulheres que estão a frente de micro e pequenos negócios. É um trabalho que pode transformar a vida de muitas mulheres, além de gerar mais empregos e renda para o Estado. Esse projeto tem tudo para alcançar excelentes resultados e servir de modelo para todo o Brasil, comenta Helena Ribeiro, uma das líderes do Mulheres do Brasil, Núcleo Goiás.

No mesmo dia (27), às 16h30, o Núcleo Mulheres do Brasil Goiás realizará, no auditório do Sebrae, sua reunião com a palestra gratuita aberta ao público “Atitude Empreendedora”, ministrada pela empreendedora e especialista em empreendedorismo feminino, Ana Fontes. A executiva é fundadora da Rede Mulher Empreendedora, do Instituto Rede Mulher Empreendedora, da Virada Empreendedora e co-fundadora da W55, além de participar de projetos da ONU.

 Mulheres do Brasil

O Movimento Mulheres do Brasil foi criado em 2013, por 40 mulheres, com o objetivo de discutir temas e políticas públicas relacionados à violência contra mulher, educação, cultura, igualdade racial, discriminação, além de incentivar o empreendedorismo, ressaltando a importância do engajando das mulheres em uma carreira profissional. Hoje já são mais de cinco mil mulheres espalhadas pelo país. Em Goiás as líderes do movimento são as executivas Maria Luíza Lima e Helena Ribeiro. Com planos de ações locais, a iniciativa quer dar mais visibilidade à causa das mulheres, trazendo uma reflexão sobre o papel da mulher em cargos públicos e debatendo sobre a violência doméstica. O projeto em Goiânia terá sempre como base os objetivos principais do movimento, com algumas adaptações para a região, focando na realidade que mais precisar ser trabalhada.

Empreendedorismo feminino

Realizada em parceria pelo Sebrae e Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP), em 2016, a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) mostra que, entre os brasileiros, as mulheres são as que mais estão interessadas em começar um negócio. A pesquisa mostra que a taxa de empreendedorismo feminino entre os novos empreendedores, aqueles que possuem um negócio com até 3,5 anos, é de 15,4%, já a masculina é de 12,6%. Pensando em estimular cada vez mais o público feminino, inclusive para que possam empreender também por oportunidade, o Sebrae Goiás tem implantado diversas ações, destaca Luciana Albernaz, com cursos, palestras, programas e projetos. Dentre as ações, o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, com a iniciativa de reconhecer e valorizar histórias de mulheres que são exemplos para o empreendedorismo, incentiva empreendedoras a contar suas histórias de sucesso a fim de inspirar outras mulheres. Já com o Projeto Meninas Superempreendedoras, implantado no ano passado, em Aparecida de Goiânia, pelo Sebrae Goiás e parceiros, as meninas participaram de capacitações com temas sobre o mercado de trabalho, inovação, startups e empreendedorismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s