Açaí do bem neste sábado

Familiares e amigos se unem para uma noite regada a açaí. Toda arrecadação será destinada ao tratamento de câncer da jovem Leandra Lourenço, de apenas 38 anos

Leandra Lourenço

Há cerca de um ano meio Leandra Lourenço (38) era uma jovem que trabalhava normalmente ao lado esposo Júnior José da Silva fabricando sandálias. Em um dia, como outro qualquer, a moça começou a sentir fortes dores nas costas, até que descobriu ter fraturado sete vértebras devido a raro tipo de câncer no sangue, o mieloma múltiplo.

Esta é uma doença que afeta o sangue, levando ao enfraquecimento dos ossos, e acomete, principalmente, pessoas a partir dos 70 anos de idade. Segundo dados do Ministério da Saúde, somente no ano de 2015, 2.889 pessoas morreram no Brasil por conta do mieloma múltiplo, desses casos 102 foram apenas em Goiás.

“Foi um baque para todos quando recebi a notícia. Eu que nunca tive nenhum problema de saúde me vi, em pouco tempo, em cima de uma cadeira de rodas e com poucas chances de sobreviver”, conta Leandra. Com relação ao caso da jovem, os médicos descartam a possibilidade de cura, porém há uma forma de obter uma vida mais saudável e “conviver” com a doença, é o transplante autólogo, aquele que não precisa de um doador de medula.

O tratamento para que ela tenha condições de prolongar o tempo de vida é muito caro. O transplante será feito no Distrito Federal, no Hospital das Forças Armadas, porém ela e o marido não possuem condições de arcar com as despesas, afinal ambos estão desempregados desde a descoberta do câncer. “Meu esposo parou de trabalhar para cuidar de mim, pois eu fiquei totalmente dependente de terceiros até para beber água”, explica.

Como uma forma de arrecadar ajuda financeira, cerca de 40 pessoas, entre amigos e familiares, se mobilizaram e organizaram uma “noite do açaí, viva Leandra”. “Minha irmã obteve algumas melhoras com o tratamento, porém ainda não está em condições de pará-lo agora. Nós da família não temos condições suficiente para arcar com todas as despesas da estadia dela em Brasília e essa foi a forma que encontramos de tentar salvar a vida dela”, diz Lorena Lourenço, irmã de Leandra.

O festival de açaí será realizado no sábado (25) a partir das 20h na sede da Igreja Adventista do setor Pedro Ludovico, em Goiânia. Os ingressos antecipados custam R$15 e na hora R$20 para consumir o quanto quiser de açaí com adicionais grátis.

Mais informações sobre o evento basta ligar para os telefones: 982190918 ou 981006871

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s