ARTES MARCIAIS: Goiano é destaque no último Pan-americano de Karatê

O estudante Caio Junqueira, de 12 anos, em sua primeira participação na competição foi o grande vencedor, na categoria infantil, da modalidades Kumite. Meta do garoto, que faz parte da Seleção Brasileira, é disputar mundial no Japão, previsto para 2020

Caio Junqueira levou o 1º lugar no Kumite (categoria infantil)

Integrante da delegação da Seleção Brasileira de Karate, Caio Junqueira, de 12 anos, atleta patrocinado pela Fast Açaí, participou pela primeira vez da disputa do Campeonato Pan-americano de Karatê JKA (Japan Karate Association) e de cara alcançou dois títulos.  O jovem atleta goiano levou o 1º lugar no Kumite (categoria infantil) e o 3º lugar no Kata (categoria infantil), modalidades de artes marciais que fazem parte da base do moderno karatê. A disputa ocorreu em Lima, capital do Peru, nos dias 8 e 9 de setembro.

No Kumite, o atleta mirim alcançou a vitória após derrotar outros cinco oponentes da sua categoria. Mesmo com pouca idade, Caio demonstra maturidade ao falar da conquista inédita em sua trajetória esportiva.  “Eu me dedico em tudo que faço; seja na escola, no inglês, nos treinos ou em qualquer coisa que faço. Sempre com muita disciplina e um grande apoio da minha família. Então eu acho que essa conquista é fruto disso tudo”, argumento Caio.

O garoto de 12 anos é um dos mais jovens atletas da Seleção Brasileira e um dos representante do país nas categoria infantil no kata e kumite, modalidades de artes marciais que fazem parte da base do moderno karatê. O jovem faz parte do corpo de atletas treinados pelo sensei Mário Kanashiro. Juntamente com Caio , Rondon Ramos Caido Filho, compôs a seleção na categoria 15/16 anos e conquistaram dois ouros na competição.

A competição em Lima foi uma seletiva para o Mundial de Karatê que será realizado em 2020, no Japão. “Esta luta no Peru foi a chance que o Caio teve de dar mais um passo em busca da vaga no mundial. Estamos muito confiantes no potencial dele e torcemos para que ele realize o sonho de ser campeão mundial. Mesmo tão jovem Caio é bem centrado e empenhado em tudo aquilo que faz”, conta com orgulho a mãe do garoto, Marcela Rassi.

As modalidades de luta que foram disputadas por Caio durante o Pan-Americano no Peru fazem parte da raiz do moderno Karatê. O Kata consiste na realização de exercícios formais durante uma luta contra adversários imaginários, onde todo movimento tem uma aplicação prática, de defesa ou de ataque. É dessa modalidade que vêm todas as técnicas de luta e defesa. Já o Kumite é um tipo de treino e combate em arte marcial, que originalmente não fazia parte do aprendizado do Karatê, pois os mestres tradicionais sempre consideram que seus golpes eram potencialmente letais. Porém, com o advento do Karatê moderno, o kumite foi sendo incorporado a rotina de treinamentos, como forma de dar aplicação prática das técnicas diante de um adversário real. Seu objetivo é demonstrar a efetividade tanto dos golpes de ataque, como os de defesa.

Ritmo de atleta
Apesar da pouca idade, Caio já acumula um extenso currículo de disputas e conquistas nas artes marciais. Ele é penta-campeão brasileiro de karatê (nos anos de 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018), bicampeão sul-americano (2014 e 2015) e ficou entre os cinco melhores no mundial de equipes realizado em 2016 em Dublin, na Irlanda. No fim de 2017, o garoto ficou entre os oito melhores classificados no mundial da Associação Japonesa de Karate (JKA) realizado na Irlanda. Em abril deste ano, Caio  ficou com o quinto lugar no Sul-Americano, realizado em Guayaquil, no Equador.

Também praticante de artes marciais quando mais jovem, o pai do garoto, o empresário Frederico Junqueira, é um grande incentivador da vida esportiva do filho, mas esclarece que mesmo encarando uma maratona de treinos, os estudos não podem ficar de lado. “É uma rotina que nunca foi imposta a ele. Na verdade, foi uma escolha natural dele. Mas percebo que tudo que o Caio faz é sempre com muita alegria e espontaneidade, tal como toda criança”, conta Frederico.

Apoio ao esporte
Atualmente, a Fast açaí patrocina atletas individuais de MMA, Karatê e Jiu Jitsu, a equipe feminina de handebol feminino, a Força Atlética, e também clubes goianos de futebol como Goiás Esporte Clube, Vila Nova Futebol Clube, Atlético Futebol Clube. A empresa tem estado presente como patrocinadora de importantes eventos esportivos realizados em Goiânia, como o Campeonato Bom Senso de Futevôlei e corridas de rua. Dentro dessa linha de alimentação rápida e saudável, a Fast Açaí oferece um mix de produtos que incluem a polpa de cupuaçu, sanduíches naturais e os wraps (sanduíche feito com pão folha com vários tipos de recheio).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s