APPs trazem a natureza para dentro da cidade

Atualmente, cerca de 80% da população brasileira mora em áreas urbanas, segundo o IBGE. O contingente é historicamente atraído pelo conforto e oportunidades das cidades mas, apesar disso, continua precisando do contato com o verde. A presença de vegetação em áreas urbanizadas é fator indutor de saúde e qualidade vida, conforme aponta muitos estudos mundo afora. Na Universidade de Wisconsin nos Estado Unidos, por exemplo uma pesquisa atestou que quando estamos próximos à natureza, conseguimos diminuir o stress e ter mais foco nas tarefas diárias. O estudo apontou ainda que caminhar por áreas arborizadas e floridas traz um aumento de energia e uma maior liberação de endorfina, o hormônio do bem-estar.

Nesse sentido, as Unidades de Conservação (UCs) e as Áreas de Preservação Permanentes (APPs) são pulmões verdes responsáveis por trazer o equilíbrio ambiental dentro das cidades. Segundo dados da Agência Municipal de Meio Ambiente de Goiânia (AMMA) a capital tem mais de 16 milhões de m² de Unidades de Conservação (UCs), o que inclui 87 APPs (Áreas de Preservação Permanentes). Em Aparecida, são 52 milhões metros quadrados de Unidades de Conservação, incluindo as APPs, conforme informou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA).

De acordo com engenheiro ambiental Lucas Carvalho, morar próximo a uma área verde ganha ainda mais importância para quem vive em regiões do cerrado, como a Região Metropolitana de Goiânia, que apresenta clima quente e seco na maior parte do ano. “Essas áreas verdes auxiliam na melhora do clima, drenagem pluvial e infiltração das águas o que contribui para o reabastecimento dos aquíferos, diminuindo a força das águas e evitando enxurradas, inundações e enchentes”, explica.

A preservação e manutenção delas depende, em muitos casos, da parceria público-privada. Como é o caso da APP que fica na região do Garavelo, em Aparecida de Goiânia, com uma mata ciliar densa com muitas nascentes em Aparecida de Goiânia. Inicialmente, ela pertencia aos empreendedores do Parqville Pinheiros, condomínio horizontal que está sendo construído em seu entorno, mas foi doada para o poder público municipal. Parte dela, ficará dentro do residencial e parte fora. A CINQ Desenvolvimento Imobiliário está recuperando os trechos que estavam degradados, além de fazer o plantio de mudas de árvores nativas do cerrado, nas duas margens do Córrego Saco Feio, que passa dentro do condomínio.

“Respeitamos a delimitação, conforme a Lei Ambiental, de se manter os 50 metros de distância da APP, que fica às margens do Córrego. Para revitalizar a área que tinha trechos degradados e estamos promovendo o plantio de diversas árvores ao redor dessas margens. A ação faz parte do Programa de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD), que foi assinado com o poder público. Assim estamos recuperando o meio ambiente do local e também proporcionando um espaço verde para os futuros  moradores do condomínio e a para o população em geral”, explica o engenheiro ambiental Lucas Carvalho, que é responsável pela coordenação deste trabalho de recuperação.

O secretário de Meio Ambiente de Aparecida de Goiânia, Adriano Montovani, enfatiza que as parcerias com a iniciativa privada só trazem benefícios para a população para o meio ambiente. “Essa união é saudável por somar com os esforço e trabalhos realizados pelo poder público na busca de se recuperar e preservar a natureza. E muitas vezes o serviço público trava na burocracia e o privado tem um caminho mais livre para agir. Assim, aqui em Aparecida temos trabalhado, cada vez mais, juntos com os empreendedores”, disse Adriano.

O diretor técnico  de negócios da CINQ, Eduardo Oliveira, também ressalta a importância da parceria público-privada nas ações de preservação de áreas verdes nas cidades, para que esses pontos não acabem sendo degradados. “Nossos empreendimentos têm uma característica urbanística de promoção da arborização e do livre contato dos moradores com a natureza, melhorando a qualidade de vida de todos”, afirma Eduardo.

Condomínio investe em reflorestamento com plantas nativas do Cerrado

Em Goiânia, um  condomínio que tem contribuído para a preservação de áreas verdes é o Aldeia do Vale, que possui várias APPs e UCs que somam aproximadamente 1,5 milhão de metros quadrados e tem investido continuamente no plantio de mudas nativas do bioma Cerrado, visando a preservação da fauna e flora local.

O engenheiro agrônomo Elton Carlos Gonçalves, responsável técnico pela conservação,  implantação e manutenção das áreas verdes do condomínio, ressalta que o benefício das áreas verdes repercutem positivamente para toda a cidade. “As APPs são fundamentais para se evitar erosões, assoreamentos das margens dos rios e enchentes, já que as cidades estão cada vez mais impermeáveis.  Além disso, uma árvore adulta libera oxigênio puro e ameniza a temperatura para todo o entorno, conforme pesquisas”, esclarece.

Ele lembra ainda que esses espaços exercem, do mesmo modo, funções sociais, ambientais e educativas relacionadas com a oferta de campos esportivos, áreas de lazer e recreação e também sendo pontos de alimentação e refúgio para aves e animais silvestres que utilizam as matas das APPs. A preservação também influencia na manutenção da pureza da água das nascentes.

ITU Verde

Por falar em árvores, o Sindicato da Habitação do Estado de Goiás (Secovi) está propondo à Câmara Municipal de Goiânia a regulamentação do Imposto Territorial Urbano Verde (ITU Verde). A proposta é que, se o proprietário implantar calçadas no padrão definido pela prefeitura, manter o lote limpo e com árvores plantadas a cada 70 metros, ele passe a pagar o preço do IPTU, uma vez que o lote passaria a cumprir uma função social por deixar cidade mais verde e contribuir para  permeabilização do solo. A proposta tem ganhado a simpatia de vários vereadores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s