Goiânia recebe maior evento de tomate industrial da América Latina

Goiânia, a capital do estado que tem maior participação na produção de tomate para processamento do Brasil, recebe entre os dias 20 e 22 de novembro a 9ª edição do Congresso Brasileiro de Tomate Industrial (CBTI). O encontro, que será realizado no Centro de Eventos da UFG, reunirá produtores, pesquisadores, fornecedores e profissionais do setor público e privado. Mais de 400 congressistas de vários países são aguardados.

Com temáticas voltadas para o aprimoramento da cadeia produtiva, o 9º CBTI  tem na pauta atualizações sobre o cenário do tomate industrial no Brasil e no mundo, palestras sobre o uso de inteligência artificial na produção agrícola, rastreabilidade do fruto e tecnologia de alimentos. O congresso também vai abordar o processo de sucessão familiar no mundo dos negócios.

De acordo com o vice-presidente da Abratop (Associação Brasileira da Cadeia Produtiva de Tomate Industrial), Rafael Sant’ana, a programação do 9º CBTI foi preparada a fim de garantir o intercâmbio de conhecimento, experiências e informação entre os participantes. “Uma das razões do sucesso do evento, que já está em sua nona edição, é a possibilidade de aperfeiçoamento envolvendo práticas comuns da cadeia produtiva do tomate industrial. Além disso, o CBTI é uma excelente oportunidade para estreitar contatos comerciais e parcerias com pessoas de todas as partes do país”, explica.

Feira de Produtos e Negócios

De forma paralela aos debates, mesas redondas e exposições científicas no 9º CBTI, acontece a Feira de Produtos e Negócios 2018. Grandes fornecedores de insumos, máquinas e equipamentos apresentarão novidades e tendências aos empresários, técnicos e pesquisadores envolvidos na cadeia de cultivo e processamento do tomate industrial. A Feira representa, em todas as edições do Congresso, uma oportunidade de negócios para o segmento.

Cenário do tomate industrial

Entre os anos de 2014 e 2016, cerca de 39,79 milhões de toneladas de tomate foram destinadas ao processamento industrial no mundo. As informações do Conselho Mundial do Tomate para Processamento (WPTC) revelam ainda que o Brasil está entre os maiores produtores mundiais de tomate para indústrias. No que se refere à produção, o fruto brasileiro alcançou, no mesmo período, a marca dos 4 milhões de toneladas. Deste total, 37% foram destinados ao processamento. Anualmente, o mercado de tomate industrial no Brasil movimenta cerca de 3 bilhões de reais e a área plantada chega a 18 mil hectares.

Goiás é o maior produtor de tomate para processamento do Brasil

A produção do tomate rasteiro em Goiás ocupa a primeira colocação no ranking brasileiro. Aproximadamente 70% de todo o fruto cultivado no país está no estado, que planta cerca de 12,3 mil hectares anualmente.

A boa produtividade é uma das características do fruto em Goiás. Somente no último ano, mais de 1,1 milhão toneladas foram destinadas às indústrias. Solo e clima favoráveis, além do grande investimento na cadeia, são fatores que alavancam o sucesso desse tipo de produção.

Inteligência artificial na produção agrícola

Um dos destaques do 9º CBTI é a inserção de inteligência artificial nos processos que envolvem a produção agrícola. O evento vai colocar em discussão o uso de veículos aéreos não tripulados e o sensoriamento remoto como forma de elevar a qualidade e a produtividade do tomate.

Tomate industrial

O fruto conhecido como tomate industrial, ou tomate rasteiro, tem sua produção destinada ao processamento. Ele é a matéria-prima dos produtos atomatados como, por exemplo, extratos, molhos, ketchups e outros derivados. Em média, cada brasileiro consome aproximadamente seis quilos de atomatados por ano.

Sobre o 9° CBTI

O 9º Congresso Brasileiro de Tomate Industrial, que  acontece entre os dias 20 e 22 de novembro em Goiânia, é uma realização da ABH (Associação Brasileira de Horticultura), Abratop (Associação Brasileira da Cadeia Produtiva de Tomate Industrial), Embrapa Hortaliças (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), Faeg (Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás), UFG (Universidade Federal de Goiás) e IF Goiano – Câmpus Morrinhos (Instituto Federal Goiano). O Congresso é organizado pela  Win Eventos.

9º Congresso Brasileiro de Tomate Industrial

Onde: Centro de Convenções da UFG – câmpus Samambaia

Quando: 20 a 22 de novembro

Informações: www.congressotomate.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s