[Artigo] Um novo olhar para a Educação

Pedro Scalon

Por: Pedro Scalon (compositor, cantor, músico e artor)

Basta invocar o nome científico da nossa espécie para percebermos como estamos distantes ainda de uma educação ideal: a tradução do termo latino homo sapiens é homem sábio.

Tenho convicção que um bom ponto de reflexão para nós, artistas e educadores, consequentemente formadores de opinião contemporâneos, é aceitarmos humildemente, pela simples forças dos fatos que não nascemos humanos (pela significância da sua própria palavra). Somos sim, na melhor das hipóteses, “humanizáveis”.

Um campo de educação que não desperte a sensibilidade, que não desenvolvam as forças da ética e moral, que não abra a sociedade aos leques de nossas próprias habilidades de inteligências, como diria (Howard Gardner) e talentos, que não se situe no mundo para cumprir um propósito nobre pelo uso da capacidade criativa, sem jamais perder o senso crítico e a autonomia de pensamento, não pode ser chamada de educação. É no máximo, o que se convencionou chamar de ensino. Ensino temos muito, educação temos de forma rara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s