Como manter os níveis de vitamina D durante isolamento social?

Dermatologista lista alimentos que podem contribuir

Alimentos que podem contribuir com os níveis de vitamina D durante isolamento social

Com o isolamento social adotado por grande parte da população em razão do novo coronavírus, a exposição ao sol tem sido cada vez menor nos últimos dias, o que acaba comprometendo os níveis de vitamina D no organismo. O que muita gente não sabe é que há meios alternativos para garantir o enriquecimento da vitamina no corpo.

É o que pontua a dermatologista Juliana Araújo. De acordo com a especialista, a vitamina D é fundamental para o equilíbrio de vários órgãos e funções do corpo. “Além de manter a absorção de cálcio e fósforo,  fortificando ossos, dentes e músculos, também mantém o cérebro e o coração funcionando. Em crianças, a falta de vitamina D pode até levar ao retardo do crescimento e ao raquitismo. Por isso não podemos ficar com deficiência da vitamina de forma alguma”, afirma.

A principal fonte de vitamina D é, de fato, o sol, que estimula a produção por meio da pele. Em tempos de isolamento, a pessoa pode tomar um pouco de sol, seja da janela ou da sacada, por exemplo. “O período de cinco a dez minutos é suficiente. Isso no antebraço ou perna, sempre protegendo o couro cabeludo e a face, que não mais sensíveis”, explica. Mas, segundo a dermatologista Juliana Araújo, em tempos de coronavírus é importante buscar outras fontes, como é o caso dos alimentos. “Cito como alguns dos principais exemplos os ovos, a sardinha e o atum”, diz.

Veja alguns alimentos ricos em vitamina D:
– Óleo de fígado de bacalhau: óleo essencial extraído a partir de fígados de bacalhau do Atlântico, ele concentra bastante quantidade de vitamina D, além da vitamina A e ácido graxo ômega 3.

-Bife de fígado: aproximadamente 100 gramas de bife de fígado provém 42 UI – unidade internacional – de vitamina D. Também é boa fonte de ferro.

-Gema de ovo: a gema de um ovo grande oferece 37 UI de vitamina D. Também é fonte de proteína.

-Atum: aproximadamente 100 gramas de atum enlatado e conservado em água fornece cerca de 154 UI, quase 1/3 da recomendação diária. Já o conservado em óleo oferece ainda mais vitamina D, porém tem mais gordura.

-Sardinha: mais um enlatado que é uma opção para uma rotina mais rica em vitamina D. Apenas duas latas desse peixe oferecem 46 UIs.

-Salmão: Trata-se de um dos alimentos mais ricos em vitamina D.

-Queijo: tipos que mais possuem vitamina D são o cheddar, suíço e ricota. O queijo suíço, por exemplo, contém cerca de 6 UIs. Já um copo de ricota oferece 25 UI. Apesar disso, é necessário atentar-se ao teor de gordura que eles também carregam.

-Cogumelos: os que mais possuem vitamina D são os que estão mais expostos à luz solar e são mais benéficos (shimeji, shitake, champignon, portobello e funghi). Deve-se verificar marcas que priorizam esse cultivo. Ainda pode ser uma opção para estabilizar o nível da vitamina no organismo de pessoas veganas.

-Ostra: não tão comum no dia a dia, mas também ajuda a aumentar a vitamina D no corpo, além de conter ferro, potássio e outras vitaminas, como B e C.

– Leite: alimento rico em vitamina D. Cerca de 200ml de leite enriquecido com vitamina D supre quase 50% da recomendação da quantidade da vitamina necessária por dia.

Coronavírus
Cientistas na Universidade de Turim, na Itália, apontaram a vitamina D como uma importante aliada no combate ao novo coronavírus. Segundo um estudo realizado por eles, a vitamina não é uma cura, mas sim uma ferramenta capaz de reduzir os fatores de risco da doença.

Divulgada na última semana, a pesquisa apontou que a maioria dos pacientes hospitalizados por covid-19 observados apresentou falta da vitamina D, especialmente os idosos.

Suplementação
Em casos mais específicos, apenas a alimentação não é capaz de garantir toda vitamina D que o corpo precisa. “Aí é feita reposição com vitamina D ingerida, sempre com acompanhamento médico e através da dosagem no sangue. Jamais tome por conta própria”, enfatiza Drª Juliana.

A dermatologista Juliana Araújo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s