Na contramão da crise pandêmica – Goiás bate recorde em abertura de empresas

Levantamento da Juceg aponta que são 6.721 empresas a mais na comparação com o mesmo período de 2020. Em agosto foram constituídos 2.984 CNPJs, segundo melhor resultado do ano e um exemplo de nova empresa de moda masculina da Capital, Astuto Menswear

Show Room da Astuto Menswear na região da 44

O número de empresas abertas entre janeiro e agosto de 2021 foi o maior desde 2017, segundo levantamento da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg). Nos oito primeiros meses deste ano, foram registradas 23.270 novas empresas no Estado, o que corresponde a 6.721 CNPJs a mais na comparação ao mesmo período de 2020, que somaram, de janeiro a agosto, 16.549 novas empresas.

Dos novos CNPJs consolidados no Estado de janeiro a agosto, 766 têm capital social – ou seja, o valor investido por cada sócio – que supera a marca de R$ 500 mil. Outro dado referente às empresas consolidadas nos oito meses é que 38,51% têm mulheres em seus quadros societários, o que equivale a 9.008 empresas com chefia feminina.Os dados também revelam que os municípios que mais atraíram empreendimentos foram Goiânia, com 281 mil empresas ativas no momento, Aparecida de Goiânia (63 mil), Anápolis (52 mil), Rio Verde (27 mil) e Valparaíso de Goiás (20 mil).

Exemplo desse crescimento de novas empresas foi na ultima terça-feira, dia 14/09, um dos maiores polos atacadistas do país, a 44 recebeu o Show Room ASTUTO Menswear. O casal de empresários Daiane Gonzaga e Ader Gonzaga fundadores da Astuto Menswear, juntamente com os sócios Maicon Rodrigues e Clarislene Gonzaga se uniram para trazer ao mercado goiano essa nova marca de moda masculina para surpreender o público com peças de qualidade e estilo.

A Astuto Menswear já conta com José Ribamar Carvalho e Laissa Abreu proprietários da loja Laissa Abreu Plus Size, como os primeiros lojistas licenciados da nova marca de moda masculina da Capital, com loja física na Bernardo Sayão.

Melhor agosto dos últimos cinco anos

Apenas em agosto foram constituídos 2.984 novos CNPJs, um recorde para o mês nos últimos cinco anos. Neste ano de 2021, apenas em março houve uma quantidade maior de empresas abertas: 3.084.

Titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços, José Vitti disse que o crescimento exponencial se justifica porque o empreendedor sabe que investir em Goiás é sinônimo de retorno certo para o seu negócio. 

“Temos uma logística de transportes fantástica. Estamos localizados no Centro do País. Contamos com uma legislação de incentivos fiscais que garante segurança. E apresentamos um governo que permite ao empreendedor crescer. Então para quem gosta de crescer, gerar empregos e renda, Goiás é o caminho certo”, comemora o secretário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s