Quero construir e agora?

Arquitetas e designers de interiores dão dicas essenciais de como começar a obra e pontuaram algumas medidas que irão auxiliar no processo de escolha dos profissionais que irão executar o trabalho

Na aquisição de um terreno para construir a tão sonhada casa é preciso tomar algumas precauções e evitar agir no impulso, evitando futuros arrependimentos e prejuízos, uma dica antes de iniciar qualquer etapa do projeto é procurar um profissional qualificado antes de fechar qualquer negócio. Como por exemplo, arquiteto, designer e engenheiro de confiança.

Para as arquitetas e designer de interiores Déborah Meireles e Elizabeth Pires, que apesar de seguirem carreiras independentes se uniram em uma parceria para a CASACOR Goiás 2021, que será aberta ao público até o dia 12 de outubro, existem algumas técnicas e particularidades que vão determinar o custo da obra ou até mesmo sua inviabilidade pela escolha do terreno.

“Muitas vezes o cliente tem uma ideia de projeto que acaba sendo inviável pelo orçamento disponível e uma escolha sem critérios pode causar impactos na realização deste sonho, pois se ele pensava o projeto parecido com as casas e por escolhas erradas ele não poder ser executado um projeto parecido de acordo com as expectativas do cliente a ideia de morar na casa que está projetada em seus sonhos pode ir por água abaixo”, alerta Elizabeth.

A profissional Déborah salienta que é muito comum pensarem que a função do arquiteto está somente relacionada a estética do projeto, porém estamos muito enganados, pois além de cuidar de toda a parte estética do projeto é o arquiteto que irá ser um mediador de todo conjunto arquitetônico facilitando todo o processo de construção da obra indo muito além do projeto em si  ele será uma peça chave para o grande projeto de construção de sua casa.

Como escolher um bom profissional?

Antes de sair contratando o arquiteto é importante saber que como em toda área do mercado existem bons profissionais e outros que acabam deixando a desejar. Então é preciso que tome alguns cuidados na hora de realizar a contratação e para isso as arquitetas e designer de interiores Déborah Meireles e Elizabeth Pires separaram algumas medidas que irão auxiliar no processo de escolha.

·        Busque referências de trabalhos realizados anteriormente como alguns imóveis à venda. Pedir indicações de conhecidos também é um ótimo recurso pois assim você consegue ter uma proporção maior do trabalho de determinado arquiteto;

·        Procure ter uma ideia de todos o serviços que serão prestados, pois para executar uma obra é necessário alguns documentos obrigatórios fornecidos pelo cliente que serão levados a prefeitura para serem aprovados, e também se será preciso a realização de projetos complementares, alguns arquitetos sempre indicam quem possa realizá-los não só a aprovação mais a realização de toda obra em si;

·         Mantenha sempre um diálogo aberto com o arquiteto, não se deve omitir nenhuma informação;

·        É muito importante que se participe de todas as etapas da realização do projeto de obra, de suas sugestões opine sempre que for necessário pois é muito mais fácil fazer uma alteração nessas primeiras etapas do que uma alteração depois que tudo estiver praticamente pronto.

·        A contratação de um arquiteto trará muitos benefícios a obra, mas é sempre bom lembrar que o valor cobrado pelo serviço pode ser um pouco alto, mas no final vale a pena pois uma obra bem planejada e executada da melhor forma possível dificilmente irá lhe causar problemas futuros.

Casas com ambientes que integram a família

De acordo com Déborah, no início do século XX, nas residências de classe média, havia um corredor interno, que ligava a área social frontal a um cômodo denominado sala de viver da família. Essas tais salas eram também ligadas às varandas, tratava-se de um recinto mais privativo. Como esse aposento estava disposto mais ao fundo da edificação, era o centro do movimento cotidiano, ali se realizavam as refeições, aconteciam conversas familiares, os homens liam o jornal do dia, as mulheres bordavam, e as crianças brincavam, tudo ao som da música que saía do gramofone.

Atualmente, mais precisamente durante uma pandemia, percebemos que as famílias buscam confortos merecidos, com informações entrando dentro das casas através das diversas telas de computador e celulares, meios de comunicação diversos como inúmeras redes sociais, jogos eletrônicos e canais por assinatura comunicam conosco e nossos filhos.

Trazemos aqui o tema de que esse excesso de informação deixou de ser saudável e traz certos possíveis transtornos familiares devido à falta de comunicação por isolamentos e muita informação, que nem sempre importa para nosso dia a dia, ao contrário, mergulhar no mar das pessoas e famílias perfeitas está gerando doenças auto depressivas e destrutivas emocionalmente.

Nós, como profissionais de arquitetura e design de interiores, somos responsáveis por alertar o que poderá ocasionar no dia a dia com devidas práticas requeridas em projeto e buscar melhores soluções que trarão qualidade de vida para essa família.

Elas estrearam na mais importante mostra de arquitetura e decoração das Américas, a CASACOR Goiás 2021 e assinam o projeto do espaço The Clinic Especialistas em Saúde, que foi inspirado na harmonização facial, que respeita a individualidade de cada pessoa, sendo que cada indivíduo carrega traços que complementam sua personalidade. Além de trazer um ambiente familiar, aconchegante e humanizado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s