Exposição lembrou os 100 anos da publicação de A Metamorfose, de Kafka

Poderia ter sido apenas uma noite maldormida, comum a qualquer pessoa, mas os sonhos intranquilos de Gregor Samsa marcaram a história da literatura mundial. Ao despertar, o caixeiro-viajante “encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso. Estava deitado sobre suas costas duras como couraça e, ao levantar um pouco a cabeça, viu seu ventre abaulado,…